UE

Roberta Metsola eleita presidente do Parlamento Europeu

Roberta Metsola eleita presidente do Parlamento Europeu

A maltesa Roberta Metsola, do Partido Popular Europeu (PPE), foi eleita em Estrasburgo, França, presidente do Parlamento Europeu para a segunda metade da legislatura, até 2024, sucedendo no cargo ao italiano David Sassoli, falecido na semana passada.

Na votação realizada esta terça-feira de manhã, Metsola obteve 458 votos entre 616 votos expressos, superando por larga margem a maioria absoluta de que necessitava (309), anunciou o eurodeputado português Pedro Silva Pereira, que dirigiu o ato eleitoral enquanto segundo vice-presidente da assembleia.

Apesar de ter três oponentes nesta eleição - a sueca Alice Bah Kuhnke (Verdes/Aliança Livre Europeia), o polaco Kosma Zlotowski (Conservadores e Reformistas Europeus) e a espanhola Sira Rego (Grupo da Esquerda) -, a vitória de Metsola, até agora primeira vice-presidente do Parlamento Europeu, era já esperada, em função do entendimento entre as três maiores bancadas do hemiciclo, que previa que a presidência da assembleia europeia na segunda metade da legislatura coubesse a uma figura escolhida pelo PPE, de centro-direita, após o socialista Sassoli a ter assumido nos dois primeiros anos e meio.

Roberta Metsola, que faz esta terça-feira 43 anos, advogada, torna-se a terceira mulher a presidir ao Parlamento Europeu, e a primeira maltesa a dirigir uma instituição europeia. Sucede no cargo ao italiano David Sassoli, falecido a 11 de janeiro.

PUB

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, saudou Roberta Metsola pela sua eleição como nova presidente do Parlamento Europeu, esperando uma "estreita colaboração".

"Os mais calorosos parabéns a Roberta Metsola pela sua eleição como presidente do Parlamento Europeu. Enquanto terceira mulher a dirigir esta nobre casa, o seu trabalho árduo e determinação são uma inspiração para todos nós", assinalou Ursula von der Leyen, numa publicação na rede social Twitter.

Reagindo à escolha dos eurodeputados, a líder do executivo comunitário adiantou: "Vamos trabalhar em estreita colaboração para a recuperação da União Europeia (UE) e para um futuro europeu verde, digital e risonho".

Também o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, felicitou Roberta Metsola, endereçando-lhe "calorosos parabéns" e esperando cooperação institucional.

"Os meus mais calorosos parabéns a Roberta Metsola por ser a nova presidente do Parlamento Europeu", escreveu Charles Michel, numa publicação na rede social Twitter.

Numa reação à escolha dos eurodeputados, na sessão plenária da assembleia europeia, o político belga apontou que "o Parlamento Europeu é o coração pulsante da democracia europeia".

"Estou ansioso por cooperar consigo, cara Roberta", adiantou Charles Michel.

Ainda esta terça-feira, os eurodeputados vão eleger os 14 vice-presidentes e os cinco questores, que compõem a Mesa do Parlamento Europeu, escolha que determinará a composição deste órgão nos próximos dois anos e meio, ou seja, até 2024.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG