O Jogo ao Vivo

Mundo

Roma em pânico com profecia sobre terramoto

Roma em pânico com profecia sobre terramoto

Um terramoto destruirá, esta quarta-feira, a cidade de Roma, diz uma profecia que corre há meses na Internet com tal grau de certeza na sua confirmação que gerou uma espécie de psicose colectiva entre os habitantes da capital italiana.

Os repetidos avisos de especialistas, assegurando de que não há nada a temer, caíram em saco roto, ante o temor colectivo da concretização da profecia que dá como certa a destruição de Roma por um sismo. Muitos habitantes preparam-se para abandonar a Cidade Eterna, ainda esta terça-feira, para assistirem, de longe, à destruição, ou não, de Roma.

Sem que sejam, para já, números oficiais, calcula-se que um total entre 15 e 20% de funcionários faltem ao trabalho, por comparação com o mesmo período do ano passado. Espera-se também que muitas crianças faltem à escola e o encerramento de lojas e escritórios.

O clima de pânico não tem parado de aumentar. Nos telefones da Protecção Civil têm caído inúmeras chamadas de pessoas assustadas ante a possibilidade de profecia se concretizar.

A profecia, já baptizada como o "síndrome do 11 de Maio", baseia-se nas previsões supostamente de Raffaele Bendandi, um cientista autodidacta, astrónomo que descobriu quatro novos planetas há 99 anos e entusiasta da sismografia. Alcançou notoriedade na época de Mussolini, que lhe concedeu o título de "Cavaliere".

Será lenda urbana o rumor que corre de que Bendandi, que morreu em 1979, depositou em 1931 na Academia Pontifica das Ciências um dossier com várias previsões até ao ano 2025, entre as quais, a de que um terrível terremoto destruirá Roma a 11 de Maio de 2011.

A lenda cresceu, apesar de a fundação dedicada a Raffaele Bendandi e depositária de todos os documentos, insistir na inexistência de qualquer referência à data de amanhã ou sequer à cidade de Roma.

Outras Notícias