Itália

Roma quer enviar polícia para a Tunísia para impedir imigração

Roma quer enviar polícia para a Tunísia para impedir imigração

O ministro do Interior italiano, Roberto Maroni, anunciou, este domingo, que vai pedir ao Governo da Tunísia autorização para enviar polícia italiana para o país para tentar impedir a saída de milhares de imigrantes ilegais.

"Vou pedir ao ministro dos Negócios Estrangeiros tunisino autorização para as nossas forças intervirem na Tunísia para bloquear o fluxo. O sistema tunisino está a desmoronar-se", disse Maroni ao telejornal da cadeia TG5.

A Itália enfrenta nos últimos dias desembarques constantes de imigrantes ilegais tunisinos. Nos últimos cinco dias chegaram cerca de cinco mil pessoas à ilha de Lampedusa, a menos de 150 quilómetros da costa da Tunísia.

Roberto Maroni, membro do partido anti-imigração e populista da Liga do Norte, criticou também a falta de uma acção europeia concertada.

"A Europa não faz nada. Estou muito preocupado e pedi a intervenção urgente da UE porque o Magrebe está a explodir. Como de costume, deixaram-nos sozinhos. Uma intervenção da Europa é indispensável", disse.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG