Mundo

Sarah Palin não será candidata à presidência dos EUA

Sarah Palin não será candidata à presidência dos EUA

A antiga governadora do Alaska, Sarah Palin, anunciou na quarta-feira que não será candidata às eleições presidenciais dos Estados Unidos, uma decisão que diz ter tomado após "muitas orações" e "estudo".

"Depois de muitas orações e estudo sério, decidi que não serei candidata pelo Partido Republicano à presidência dos Estados Unidos em 2012", disse Palin, numa carta enviada aos seus apoiantes.

A responsável explicou que, para ela e para o marido, a família vem em primeiro lugar e que ambos dedicaram "muita consideração" à vida familiar antes de tomar esta decisão.

Na missiva, Palin apelou à unidade do Partido republicano para "restabelecer o país".

"Creio que neste momento posso ser mais eficaz num papel decisivo para ajudar a eleger outros verdadeiros servidores públicos para vários cargos, desde governadores a congressistas e à presidência", salientou.

Palin considerou que a prioridade actual é continuar a apoiar os que "travaram a transformação fundamental da nossa nação e, em vez disso, buscaram a restauração da nossa grandeza, da nossa virtude e da nossa república constitucional com base no império da lei".