O Jogo ao Vivo

Líbano

"Selfie" de misses causa polémica

"Selfie" de misses causa polémica

Uma "selfie" nos bastidores do concurso Miss Universo está a causar polémica entre Israel e o Líbano. As representantes destes dois países inimigos foram fotografadas juntas. A Miss Líbano, alvo de muitas críticas, acusa a Miss Israel de perseguição.

Doron Matalon, representante de Israel no concurso Miss Universo 2015, divulgou na sua conta de Instagram uma "selfie" ao lado da representante do Líbano, Saly Greige.

A imagem, tirada em Miami, nos Estados Unidos, no âmbito do concurso internacional de beleza, está a causar polémica, uma vez que Líbano e Israel são países vizinhos, mas inimigos. Nas redes sociais árabes, e sobretudo libanesas, exige-se a punição de Saly Greige e a sua saída imediata do concurso.

"Não me surpreende mas é uma pena que não se possa por de parte a hostilidade. Nem que seja só durante as três semanas em que temos uma oportunidade excecional para conhecer jovens de todo o mundo, incluindo de países vizinhos, e ouvir sobre outras culturas e viver juntas esta experiência", justificou Doron Matalon.

Já a jovem libanesa divulgou uma mensagem, dirigida aos seus compatriotas, rejeitando as duras críticas de que tem sido alvo e acusando a representante israelita de a perseguir para conseguir a fotografia.

"Desde o primeiro dia da minha chegada ao concurso Miss Universo fui muito cautelosa para evitar qualquer imagem com Miss Israel (que tentou várias vezes tirar uma fotografia comigo). Estava a tirar uma fotografia com a Miss Japão e a Miss Eslovénia quando, de repente, a Miss Israel apareceu, fez a 'selfie' e divulgou-a nas redes sociais", explica Saly Greige, na declaração com o título "a verdade por detrás da foto".

Líbano e Israel estão tecnicamente em guerra. O último confronto entre o exército israelita e o grupo Hezbollah aconteceu no verão de 2006. Desde então, os libaneses estão proibidos de contactar com israelitas. Fazer telefonemas para Israel ou comprar produtos israelitas pode ser punido com pena de prisão.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG