Grupo Estado Islamico

Série de atentados em Bagdade faz 31 mortos

Série de atentados em Bagdade faz 31 mortos

Pelo menos 31 pessoas morreram, este sábado, numa série de atentados, com carros armadilhados, registados em bairros da capital iraquiana com população maioritariamente muçulmana xiita.

De acordo com o que disseram fontes médicas e de segurança à agência francesa AFP, mais de 90 pessoas terão ficado feridas nas seis explosões ocorridas em cinco bairros de Bagdade.

O ataque mais mortífero aconteceu numa rua do bairro Karrada, no centro da capital iraquiana, no qual morreram pelo menos dez pessoas.

De acordo com a agência espanhola Efe, dois veículos carregados de explosivos explodiram, quase em simultâneo, perto de uma gasolineira do bairro de Al-Amin, onde também foi alvo um restaurante popular.

Os atentados causaram numerosos danos materiais em edifícios e veículos.

A capital iraquiana tem sido palco diário de ataques deste tipo, em parte reivindicados pelos fundamentalistas sunitas do Estado Islâmico, que controlam atualmente vastas partes de território no norte do país e a oeste e leste de Bagdade.

Entretanto, o exército iraquiano, em conjunto com as forças curdas, conseguiu recuperar várias aldeias que estavam sob controlo do Estado Islâmico, nas províncias de Mossul e Al-Anbar, no norte do Iraque.

Mesmo assim, um significativo número de aldeias árabes e curdas permanecem nas mãos do grupo fundamentalista, que proclamou um califado islâmico nas zonas que controla no Iraque e na Síria.

Outras Notícias