Coreia do Sul

Seul pronta a iniciar negociações se Pyongyang abandonar programa nuclear

Seul pronta a iniciar negociações se Pyongyang abandonar programa nuclear

Seul está pronta a iniciar negociações com Pyongyang e a conceder-lhe uma ajuda económica desde que a Coreia do Norte abandone o seu programa nuclear, noticiou a AFP, citando o Presidente sul-coreano, Lee Myung-Bak.

A Coreia do Sul "está pronta a encetar o diálogo com o Norte em qualquer momento e com um espírito aberto", disse Lee, no decorrer da uma cerimónia no âmbito do Dia Nacional do país.

"Não há nenhuma razão para que a Coreia do Sul naõ ajude os nossos compatriotas do Norte, quando ajuda muitos outros países", adiantou o chefe de Estado sul-coreano.

"O Norte devia declarar-se pronto para um diálogo séria e para a cooperação, e deixar de desenvolver armas e mísseis nucleares", referiu.

Pyongyang deve também tomar "medidas responsáveis" no seguimento dos acontecimentos de 2010 que mataram 50 sul-coreanos, acrescentou o Presidente.

Este discurso foi pronunciado no dia seguinte ao início das manobras conjuntas anuais entre os Estados Unidos e a Coreia do Sul e de novas ameaças de Pyongyang, que prometeu "uma guerra total" em caso de provocação.

Seul acusa Pyongyang de ter afundado uma corveta sul-coreana em Março de 2010, provocando a morte de 46 marinheiros, o que a Coreia do Norte desmente.

PUB

Em finais de Novembro passado, Pyongyang bombardeou a ilha sul coreana de Yeonpyeong, causando quatro mortos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG