Princesa Haya

Sheik do Dubai espiou telemóvel da mulher e dos seus advogados britânicos

Sheik do Dubai espiou telemóvel da mulher e dos seus advogados britânicos

O sheik de Dubai, Mohammed bin Rashed al-Maktoum, autorizou a espionagem do telemóvel da esposa, a princesa Haya da Jordânia, e os dos seus advogados britânicos, considerou o Alto Tribunal de Londres, esta quarta-feira, onde os dois disputam a custódia dos filhos.

O sheik de 72 anos deu a sua "autorização implícita" para que o telemóvel da sua sexta esposa, a princesa Haya Bint Al Hussein, fosse invadido com o programa de espionagem Pegasus, o que foi descoberto em agosto de 2020, afirmou o tribunal. Além disso, autorizou a intervenção nos telefones dos advogados, da assistente pessoal e de dois membros da equipa de segurança da mulher de 47 anos, contra quem tem realizado uma "campanha de medo e intimidação", acrescentou o tribunal.

Quando instalado, o Pegasus consegue monitorizar a localização da pessoa, ler as mensagens e e-mails, ouvir chamadas telefónicas, gravar atividades ao vivo, além de aceder a aplicações, fotografias e operar a câmara e o microfone remotamente.

Sabe-se que um volume "muito significativo" de 265 megabytes de dados foi extraído do telemóvel da princesa Haya. Não está provado, contudo, que a espionagem esteja relacionada com a batalha judicial travada no Reino Unido contra a sua esposa para conseguir o regresso ao Dubai dos dois filhos, Al Jalila, de 13 anos, e Zayed, de nove.

Embora a vigilância tenha sido "sem dúvida realizada por servidores ou agentes do pai", o sheik do Dubai "está disposto a usar o braço do Estado para obter o que considera justo", disse o juiz Andrew McFarlane. "Ele assediou e intimidou a mulher antes e depois de ela ter partido para a Inglaterra (...) e está pronto para tolerar ações ilegais por parte daqueles que agem em seu nome no Reino Unido."

A princesa, meia-irmã do rei da Jordânia Abdullah II, solicitou uma medida de proteção contra o casamento forçado após fugir dos Emirados no início de 2019.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG