Guerra

Ataque aéreo matou 20 civis que fugiam de combates na Síria

Ataque aéreo matou 20 civis que fugiam de combates na Síria

Pelo menos 20 civis que fugiam aos combates na província de Deir Ezzor, nordeste da Síria, foram mortos num bombardeamento por aviões não identificados.

A organização não-governamental Observatório Sírio dos Direitos Humanos explicou que os aviões dispararam contra um local onde os civis atravessavam o rio Eufrates, entre as localidades de Al-Ashara e Al-Darnach.

O Observatório admite que o número de vítimas seja superior, dado haver vários feridos graves e desaparecidos.

A organização não precisou a origem dos aviões, mas adiantou que nos últimos dias houve numerosos bombardeamentos das forças aéreas síria e russa na província, palco de acesos combates com os jiadistas do grupo extremista Estado Islâmico.

Em declarações à agência EFE por telefone, o diretor de um grupo de ativistas, o Deir Ezzor 24, Omar Abu Leila, referiu que o ataque foi lançado por aviões sírios e russos e elevou o número de mortos para 40.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG