Itália

Sismo no norte de Itália fez seis mortos e 50 feridos

Sismo no norte de Itália fez seis mortos e 50 feridos

Pelo menos seis pessoas morreram e dezenas ficaram feridas em consequência do sismo de 5,9 graus de magnitude que atingiu o nordeste de Itália, este domingo de madrugada. Durante o abalo, sentido nas cidades de Bolonha, Modena, Ferrara, Rovigo, Verona e Mantua, centenas de pessoas fugiram para a rua em pânico.

De acordo com os últimos dados revelados pelas equipas de socorro, quatro vítimas mortais são trabalhadores de fábricas que estavam de serviço durante a noite - um marroquino de 29 anos morreu no colapso de um armazém em Ponte Rodoni di Bondeno; dois italianos morreram numa fábrica de cerâmica em Sant-Agostino quando o teto ruiu sobre eles e um quatro trabalhador foi encontrado nos escombros de uma fundição de uma aldeia de Ferrara.

Outras duas mulheres morreram após se sentirem mal devido ao sismo - uma alemã de 37 anos que estava a deslocar-se para o emprego perto de Bolonha e uma mulher com mais de cem anos.

Por outro lado, a agência italiana ANSA noticiou que uma menina de cinco anos que ficou presa nos escombros da sua casa, em Finale Emilia, na província de Modena, foi resgatada com vida pelas equipas de socorro.

"A menina esteve calma, apesar de estar coberta com um metro e meio de escombros. O seu pai lutou como um leão para conseguir libertar o rosto e permitir que respirasse. A proteção civil fez o resto", contou um vizinho da família, Andrea Giovanardi, de 50 anos.

Meia centena de pessoas ficaram feridas na região de Ferrara e Modena.

O sismo de 5,9 graus de magnitude na escala de Richter ocorreu a 36 quilómetros de Bolonha, capital da região de Emília-Romana, às 03.03 horas (hora em Portugal continental), foi registado a uma profundidade de 10,1 quilómetros e precedido de outros dois abalos - um de magnitude 4,1 e outro de magnitude 2,2 registados em cerca de meia hora, entre as 00.13 horas e 00.43 horas.

Durante o abalo, que se terá prolongado por 20 segundos e foi sentido nas cidades de Bolonha, Modena, Ferrara, Rovigo, Verona e Mantua, centenas de pessoas fugiram para a rua em pânico.

Uma hora depois do sismo, foi sentida uma forte réplica, com 4,9 graus de magnitude na escala de Richter.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG