Mundo

Sismo no Paquistão já fez mais de 320 mortos

Sismo no Paquistão já fez mais de 320 mortos

O forte sismo que abalou, na terça-feira, uma região pobre e pouco povoada no sudoeste do Paquistão causou pelo menos 328 mortos e 450 feridos, de acordo com um novo balanço fornecido, esta quarta-feira, pelas autoridades locais.

O sismo de 7,8 de magnitude, perto da localidade de Awaran, na província do Baluchistão, destruiu várias casas e foi sentido na Índia e no Irão vizinhos.

"O número de mortos atingiu os 328 e receio que possa aumentar", declarou à agência noticiosa francesa AFP Jan Muhammad Buledi, porta-voz do governo provincial do Baluchistão, acrescentando que o número de feridos é superior a 450.

O anterior balanço, dado durante o dia, indicava pelo menos 271 mortos e mais de 400 feridos.

"As equipas de socorro ainda não conseguiram chegar às aldeias mais recuadas, dado que se trata de uma região vasta", disse Buledi.

Ahmad Nawaz, um responsável da Autoridade provincial de gestão de catástrofes em Quetta, capital do Baluchistão, confirmou este balanço à AFP, mas disse que o número de feridos registados até aqui era de 498.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG