O Jogo ao Vivo

Turquia

Avalanches matam quase 40 pessoas em dois dias na Turquia

Avalanches matam quase 40 pessoas em dois dias na Turquia

Pelo menos 23 pessoas morreram, esta quarta-feira, numa avalanche que atingiu várias dezenas de socorristas enviados após uma primeira avalanche na véspera, no mesmo local no leste da Turquia, que matou cinco pessoas.

Citado pela agência noticiosa estatal Anadolu, o governador da província de Van, onde ocorreu a catástrofe, indicou que foram encontrados os corpos de 14 elementos das equipas de socorro e de nove civis. Segundo a mesma fonte, cerca de 30 pessoas foram encontradas vivas e hospitalizadas.

O ministro da Saúde turco, Fahrettin Coca, advertiu que este balanço pode aumentar, isto depois de um primeiro balanço indicar oito socorristas mortos, número que foi aumentando ao longo da manhã. Desconhece-se o número de pessoas ainda soterradas.

As vítimas desta quarta-feira encontravam-se no local para encontrar sobreviventes de uma avalanche na terça-feira, que enterrou um miniautocarro. Cinco pessoas morreram e oito ficaram feridas nesta primeira avalanche, que deixou ainda dois desaparecidos.

Após o incidente, várias dezenas de polícias, bombeiros e socorristas da agência governamental de situações de catástrofe (AFAD), apoiados por habitantes das aldeias vizinhas, deslocaram-se para o local.

As buscas foram interrompidas durante a noite como medida de segurança e retomadas esta quarta-feira de manhã e a nova avalanche ocorreu por volta do meio-dia (9 horas locais em Lisboa).

As avalanches ocorreram no distrito de Bahçesaray, no leste da Turquia perto da fronteira com o Irão, de difícil acesso e com um inverno severo.

Na terça-feira à noite, uma primeira avalanche ocorreu em Bahçesaray, na província de Van, enterrando um miniautocarro que transportava dezena e meia de pessoas. O balanço foi de cinco mortos, oito feridos e dois desaparecidos.

O balanço provisório das duas catástrofes é de 38 mortos e 61 feridos.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG