Terrorismo

Stevie, o guia turístico "herói" que tirou a faca das mãos do atacante de Londres

Stevie, o guia turístico "herói" que tirou a faca das mãos do atacante de Londres

Um homem foi abatido pela Polícia, esta sexta-feira, depois de ter esfaqueado várias pessoas na Ponte de Londres, num incidente classificado como "ato terrorista" pelas autoridades. Duas vítimas morreram e pelo menos oito ficaram feridas. Stevie Hurst, guia turístico, poderá ter impedido que mais gente saísse magoada do ataque.

Stevie Hurst foi um dos "heróis" que desarmaram e imobilizaram o atacante, na Ponte de Londres.

"Vimos um tipo a ser agarrado e as pessoas a tentarem deitá-lo ao chão, a gritarem que ele tinha esfaqueado duas mulheres", disse, à BBC. "Apercebemo-nos de que a faca ainda estava na mão dele. Então, pontapeei-o na cabeça. O que queríamos era desarmá-lo, para que não fizesse mal a mais alguém."

O britânico não guarda para si os louros: "As pessoas que estavam comigo foram absolutamente fabulosas. Verdadeiros heróis."

As autoridades britânicas ainda não avançaram detalhes sobre a identidade do atacante, que matou duas pessoas com uma arma branca na Ponte de Londres. Neil Basu, da Polícia Metropolitana de Londres, confirmou apenas que o suspeito, que usava um colete com explosivos falsos, foi abatido no local e que o ataque está a ser encarado como um ato terrorista.As investigações estão agora nas mãos do comando contraterrorista da polícia metropolitana.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG