Resultados

Suíços a favor de banir quase toda a publicidade ao tabaco

Suíços a favor de banir quase toda a publicidade ao tabaco

Os suíços votaram, este domingo, para endurecer as leis de tabaco, proibindo praticamente toda a publicidade, de acordo com os resultados preliminares.

Quase 56% dos eleitores e 15 dos 26 cantões da Suíça apoiaram a proibição quase total da publicidade de tabaco, de acordo com os resultados oficiais.

"Estamos extremamente felizes", disse Stefanie De Borba, da Liga Suíça contra o Cancro, em declarações à AFP. "As pessoas entenderam que a saúde é mais importante que os interesses económicos".

A Suíça está muito atrás da maioria dos países ricos na restrição da publicidade do tabaco - uma situação amplamente atribuída ao forte lobby de algumas das maiores empresas de tabaco do mundo sediadas no país.

Atualmente, a maior parte da publicidade ao tabaco é legal em nível nacional, exceto anúncios na televisão e no rádio, e aqueles direcionados especificamente a menores.

Proibição de testes em animais com menos apoio

Embora tenham apoiado o esforço para banir a maior parte da publicidade ao tabaco, os eleitores suíços não foram convencidos por uma série de outras questões na votação de domingo. Resultados preliminares mostraram que os suíços rejeitaram categoricamente uma proposta de proibição total de todos os testes em animais, com quase 80% de oposição.

PUB

A Suíça rejeitou três iniciativas semelhantes por grandes margens desde 1985.

Noutra votação, os primeiros resultados indicaram que os habitantes do cantão de Basel-Stadt, no norte, rejeitaram massivamente uma tentativa de conceder aos primatas não humanos alguns dos mesmos direitos fundamentais básicos que os humanos, com mais de 75% de oposição. Os resultados também mostraram que cerca de 56% dos eleitores rejeitaram um plano do Governo de fornecer financiamento estatal adicional para empresas de média, que viram as suas receitas publicitárias evaporarem nos últimos anos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG