Inglaterra

Suspeito de ataque com faca em Manchester detido por terrorismo

Suspeito de ataque com faca em Manchester detido por terrorismo

Um homem foi detido sob suspeita de terrorismo na sequência de um ataque com uma arma branca que fez esta sexta-feira vários feridos num centro comercial em Manchester, no norte de Inglaterra, informou a polícia local.

Numa conferência de imprensa, um responsável da polícia de Manchester, Russ Jackson, precisou que o homem com cerca de 40 anos é suspeito de cometer, preparar e instigar um ato de terrorismo.

PUB

As motivações do suspeito, que terá agido sozinho, não são conhecidas até ao momento, disse a mesma fonte.

"Mas, parece ter sido aleatório, e certamente brutal e, é claro, extremamente assustador para quem testemunhou", declarou Russ Jackson.

A polícia relatou que o suspeito entrou no centro comercial Arndale em Manchester às 11.15 horas locais (a mesma hora em Portugal continental) armado com uma faca grande.

Dois polícias desarmados confrontaram o homem, que acabaria por perseguir os agentes quando estes pediam forças de apoio.

O homem seria posteriormente detido pelas forças policiais.

Pelo menos quatro pessoas ficaram feridas, três delas com ferimentos de arma branca.

A polícia decidiu entretanto aumentar as patrulhas armadas no centro de Manchester e vai manter um estado de alerta durante o fim de semana, mas, segundo realçou Russ Jackson, a medida é preventiva para "tranquilizar a população".

"Não acreditamos que exista uma ameaça mais ampla neste momento e esperamos que a cidade volte ao normal amanhã de manhã [sábado]", disse o mesmo responsável.

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, manifestou-se "chocado com o incidente".

"Os meus pensamentos estão com os feridos e com todos os afetados", disse Boris Johnson, numa mensagem publicada na rede social Twitter, agradecendo o "excelente" trabalho dos serviços policiais e de emergência.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG