Terrorismo

Suspeito de envolvimento nos ataques de 11 de setembro deportado da Alemanha

Suspeito de envolvimento nos ataques de 11 de setembro deportado da Alemanha

A Alemanha prepara-se para deportar um homem de origem marroquina condenado em Hamburgo pela cooperação nos ataques de 11 de setembro de 2001 nos Estados Unidos, revela a agência Associated Press.

Mounir el-Motassadeq, de 44 anos, é suspeito de ter ajudado os atacantes quando preparavam os atentados em Nova Iorque e Washington.

O detido já tinha sido condenado em 2006 à pena máxima de 15 anos, por adesão a organização terrorista e pela participação no plano dos ataques de 2001.

No entanto, a pena teve em conta o tempo que El-Motassadeq cumpriu na sequência da sua detenção em novembro de 2011.

O porta-voz do ministro do Interior de Hamburgo, Frank Reschreiter, afirmou que El-Motassadeq está "prestes a sair do país", sem especificar a data de retorno a Marrocos, explicando que as autoridades não querem comprometer o procedimento judicial.

Reschreiter acrescentou que os procedimentos necessários estão a ser executados conforme o previsto.

Outras Notícias