O Jogo ao Vivo

Canadá

Suspeito do ataque a mesquita telefonou à polícia para se entregar

Suspeito do ataque a mesquita telefonou à polícia para se entregar

Um dos dois presumíveis autores do ataque de domingo numa mesquita no Quebeque, Canadá, em que morreram seis pessoas, telefonou à polícia para se entregar.

Segundo o inspetor Denis Turcotte, o homem, de "vinte e muitos, trinta e poucos anos", ligou para a linha de emergência 15 minutos depois de as forças de segurança serem informadas do tiroteio para indicar o local onde se entregaria.

A polícia suspeita que o homem seja um dos dois que abriram fogo durante a oração no Centro Cultural Islâmico da Cidade do Quebeque, cerca das 19.30 horas de domingo (três horas de segunda-feira em Lisboa).

O outro suspeito foi detido no local.

Seis pessoas morreram e 17 ficaram feridas, cinco com gravidade, no incidente qualificado pelo primeiro-ministro canadiano, Justin Trudeau, de "ataque terrorista".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG