Mundo

Técnica fotográfica capta a beleza do Ártico

Técnica fotográfica capta a beleza do Ártico

"A Luz do Ártico", um filme da autoria de Terje Sørgjerd, um fotógrafo e cineasta de Oslo, na Noruega, mostra a beleza de um "fenómeno natural" que ocorre antes do "sol da meia-noite", próximo do Círculo Polar Ártico. Veja o vídeo.

O fenómeno, cujo nome Terje Sørgjerd desconhece - apesar de já ter falado com meteorologistas e astrofísicos -, foi filmado durante doze dias, entre 29 de Abril e 10 de Maio, sempre um pouco antes da meia-noite, em Lofoten, na Noruega. Uma região que se divide em sete ilhas, onde vivem cerca de 24 mil habitantes e, que regista temperaturas que se situam entre os 4ºC e os 15ºC graus durante o dia (na Primavera) e -7ºC a 4ºC graus durante a noite.

As imagens foram captadas com duas câmaras diferentes e com recurso à técnica "time-lapse" - em que cada fotograma é captado com grandes intervalos de tempo para depois, ao juntá-los, se obter um efeito acelerado. No total, as imagens captadas por ambas as câmaras ocuparam nove terabytes.

O cineasta revelou, ao "The Huffington Post", que demorou entre duas a três semanas só a compilar todos os dados gravados.

Por incrível que pareça, o filme não contou com quase nenhuma pós-produção, garantiu Sørgjerd.

Os objectivos do fotógrafo e cineasta norueguês passam por provocar emoções e contribuir para inspirar as pessoas. Recebendo um importante e positivo feed-back por parte de quem visualiza o vídeo, disponível no Youtube, garante que os cerca de 42 mil emails que já recebeu a elogiar o seu trabalho, também o inspiram a continuar com este tipo de filmes.

PUB

"A Luz do Ártico" é o terceiro filme que Terje Sørgjerd realiza. Anteriormente, foram os filmes "A Aurora" e "A Montanha" a fazer sucesso na Internet, sendo que o último alcançou um total de 26 mil visualizações.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG