O Jogo ao Vivo

Mundo

Três soldados da NATO mortos em novo ataque afegão

Três soldados da NATO mortos em novo ataque afegão

Três soldados da força internacional da NATO no Afeganistão foram esta quarta-feira mortos na província de Uruzgan, no Sul do país, num novo ataque afegão perpetrado por um homem com uniforme do Exército, noticiou a agência AFP.

Em comunicado, a Força Internacional de Assistência para a Segurança (ISAF, na sigla em inglês) confirmou que um homem "com uniforme do Exército nacional afegão apontou a arma contra membros da ISAF e matou três deles".

A nota acrescenta, sem identificar a nacionalidade das vítimas, que o incidente ocorreu hoje à noite e será investigado.

Um responsável da Defesa norte-americana citado pela agência AFP adiantou que o ataque ocorreu na província da Uruzgan, no Sul do Afeganistão, e que as vítimas não têm nacionalidade norte-americana.

A fonte não esclareceu as circunstâncias em que sucedeu o incidente.

Soldados norte-americanos e australianos integram o contingente da ISAF estacionado na província de Uruzgan, a norte de Kandahar.

O ataque de hoje eleva já para 45 o número de soldados da NATO mortos por militares ou polícias afegãos este ano, mais 17 do que em 2011.

Segundo a Aliança Atlântica, cerca de 25 por cento dos incidentes envolvendo tropas ou polícias afegãos contra os seus aliados internacionais são provocados por talibãs infiltrados.

A morte dos três militares da NATO aconteceu no dia em que cinco soltados do Exército afegão perderam a vida num atentado-suicida após a explosão de uma bomba artesanal num dos bastiões dos talibãs no Leste do Afeganistão.