O Jogo ao Vivo

Mundo

Tropas de Kadafi fogem para a Tunísia e ONU quer enviar missão de paz à Líbia

Tropas de Kadafi fogem para a Tunísia e ONU quer enviar missão de paz à Líbia

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, anunciou, sexta-feira, que irá pedir ao Conselho de Segurança que envie "urgentemente" uma missão de paz para a Líbia, devido à situação caótica que atravessa o país.

"A Líbia entrou numa fase decisiva. Seria desejável ter no país um grupo que ajude a restaurar a ordem e a estabilidade", afirmou o secretário-geral da ONU, citado pela agência espanhola Efe.

Ban Ki-moon explicou que pretende reunir-se proximamente com o Conselho de Segurança, para estudar como é que a ONU poderá ajudar na reconstrução e no processo de transição da Líbia, e pediu à comunidade internacional que colabore com o organismo.

"Neste momento crítico é essencial que a comunidade internacional esteja unida para que se possa restaurar a ordem e uma transição estável", sublinhou.

A Líbia é há já vários meses palco de uma contestação popular contra o regime de Muammar Kadhafi, no poder há mais de quatro décadas. Esta semana, os rebeldes avançaram para a capital do país, mas ainda não conseguiram capturar o líder líbio, que continua em parte incerta.

O avanço dos rebeldes está a fazer aumentar o número de desertores entre as fileiras de combatentes fiéis a Muammar Kadafi, que fogem para a Tunísia, enquanto prosseguem os combates em duas localidades próximas da fronteira.

"Chegam por terra, atravessando o deserto do Sahara", afirmou uma fonte militar que não foi identificada citada pela agência oficial tunisina TAP, que não deu detalhes sobre o número de combatentes em fuga.

PUB

A fonte disse ainda que se mantém o fluxo de civis que procura refúgio em Tunes, tanto por via terrestre como por via marítima, devido aos confrontos entre as tropas de Kadhafi e as da oposição em Zuwara e em Al Aligan, localidades próximas da fronteira.

De acordo com fontes militares, Zuwara, a 60 quilómetros a este do posto fronteiriço de Ras Jedir, continua sob controlo do coronel líbio, em parte incerta desde que Tripoli está maioritariamente sob controlo dos rebeldes.

Os rebeldes líbios tomaram hoje o controlo do posto de Rãs Jedir, na fronteira com a Tunísia, e a bandeira da rebelião foi levantada, de acordo com uma fonte governamental citada pela AFP.

"Mais de uma centena de rebeldes líbios chegaram hoje a Rãs Jedir. Não há um confronto real, as tropas leais [a Kadhafi] tomaram os mastros e a bandeira da insurreição foi levantada no posto fronteiriço", afirmou esta fonte.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG