O Jogo ao Vivo

EUA

Trump volta aos palcos: "Não vou começar um novo partido"

Trump volta aos palcos: "Não vou começar um novo partido"

Donald Trump teve este domingo o primeiro discurso político desde a saída da Casa Branca. O antigo presidente dos EUA voltou a questionar a vitória de Joe Biden nas presidenciais e deixou em aberto uma recandidatura em 2024.

Trump discursou esta noite na Conferência de Ação Política Conservadora (CPAC) e, perante uma multidão entusiasmada, admitiu que pode concorrer novamente às próximas eleições presidenciais, em 2024. Já o tinha dito no início deste mês. "Sabem, eles [democratas], na verdade, perderam a Casa Branca", repetindo assim a falsa alegação de fraude eleitoral. "Mas quem sabe? Eu posso decidir vencê-los uma terceira vez, ok?".

Donald Trump foi banido de redes sociais como Twitter por repetidamente alegar que era o vencedor das presidenciais de 2020, e não Joe Biden, perpetuando a falsa ideia de que existiu fraude nas eleições. "A jornada incrível que começamos está longe de estar terminada. No final, nós vamos vencer", disse aos apoiantes.

O antigo presidente dos Estados Unidos esclareceu ainda que pretende continuar no Partido Republicano. "Não vou começar um novo partido. Temos o Partido Republicano. Vai ficar unido e mais forte do que nunca".

Trump criticou o primeiro mês da administração Biden e classificou-a como "desastrosa".

Desde que saiu da Casa Branca, a 20 de janeiro, o republicano mudou-se para o seu resort Mar-a-Lago, na Florida. Até este domingo, não tinha falado publicamente sobre o seu regresso, pelo menos num grande "palco político". Quando foi ilibado do processo de destituição a 13 de fevereiro, Trump admitiu que o seu "movimento histórico, patriótico e belo", nas palavras do próprio, estava "apenas a começar".

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG