Ataques

Turquia denuncia "agressividade sem limites" de Israel

Turquia denuncia "agressividade sem limites" de Israel

A Turquia condenou vigorosamente a destruição por um bombardeamento da aviação israelita de um edifício em Gaza onde funcionava a sua agência noticiosa estatal Anadolu e denunciou uma "agressividade sem limites".

"Israel bombardeou o edifício onde se encontrava a delegação da agência Anadolu em Gaza, oferecendo um novo exemplo da sua agressividade. Condenamos firmemente este ataque", reagiu no Twitter Ibrahim Kalin, porta-voz do presidente turco Recep Tayyip Erdogan.

A Anadolu informou que o edifício da sua delegação na Faixa de Gaza ruiu após ser atingido por um bombardeamento da aviação israelita. O pessoal da agência retirou-se do edifício pouco antes do ataque, que foi precedido por um disparo de aviso e nenhum dos seus jornalistas ficou ferido.

"O ataque à agência Anadolu em Gaza é um novo exemplo da agressividade sem limites de Israel", reagiu no Twitter o chefe da diplomacia turca, Mevlüt Cavusoglu. "A violência indiscriminada de Israel contra inocentes é um crime contra a humanidade", acrescentou.

A aviação israelita efetuou diversas incursões na Faixa de Gaza, após terem sido disparados cerca de 200 "rockets" em direção a território israelita.

O bombardeamento deste edifício arrisca-se a provocar um novo aumento da tensão entre a Turquia e Israel.