O Jogo ao Vivo

Mundo

Ucrânia não vai ceder um centímetro do território à Rússia

Ucrânia não vai ceder um centímetro do território à Rússia

A Ucrânia não vai ceder "nem um centímetro do seu território à Rússia", disse, este domingo, o primeiro-ministro da Ucrânia durante um discurso num comício, num dia marcado por confrontos entre elementos pro e anti-russos na Crimeia.

"É a nossa terra, não vamos ceder nem um centímetro. Que a Rússia e o seu presidente o saibam", disse Arseni Iatseniouk durante um comício destinado a assinalar o 200.º aniversário do nascimento do poeta Taras Chevtchenko, olhado na Ucrânia como um símbolo da independência do país.

O discurso do primeiro-ministro ucraniano acontece num contexto de confrontos em várias cidades mais a leste, onde os manifestantes pró e anti-intervenção russa procuraram aproveitar a data simbólica para marcar posição sobre a presença de forças russas no território ucraniano.

As várias manifestações organizadas pelos defensores da intervenção russa e pelos apoiantes da integridade territorial da Ucrânia acabaram em confrontos em Simferopol, uma das mais importantes cidades da Crimeia, reportam as agências de notícias internacionais.

As várias manifestações organizadas para defender os dois lados em conflito acabaram por se encontrar, o que deu lugar a confrontos, de acordo com as agências de notícias internacionais.

A tensão na península da Crimeia, que está na prática controlada pelas forças russas, resultou numa tensão entre a Rússia e o Ocidente, com cada um dos lados a impor sanções ou a ameaçar medidas proibitivas para forçar o outro lado a recuar.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG