Edward Snowden

Um milhão quer que Brasil dê asilo a Snowden

Um milhão quer que Brasil dê asilo a Snowden

Uma petição na Internet para que o Brasil conceda asilo ao ex-analista da Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos, Edward Snowden, já reuniu mais de um milhão de assinaturas.

A campanha foi lançada há um mês, tendo como objetivo inicial conseguir mais de um milhão de assinaturas, meta que agora foi revista, fixando-se nos 1,25 milhões de apoiantes.

O grupo ativista organizador, Avaaz, citado pela agência noticiosa AFP, acredita que Snowden fugitivo deveria "ser reconhecido como um informante agindo no interesse público e não como um criminoso perigoso", depois de o antigo técnico da Agência Nacional de Segurança (NSA) ter divulgado detalhes de uma grande operação de inteligência, monitorizando milhões de telefonemas e e-mails em todo o mundo.

A petição da Avaaz pede ao Governo brasileiro para oferecer asilo a Snowden, que foi recebido de forma temporária em agosto passado, na Rússia.

Em dezembro, numa entrevista emitida pela televisão brasileira Globo, o ex-analista disse que aceitaria asilo no Brasil, mas sem a condição de fornecer informações sobre o programa de espionagem norte-americano.

"Se o Governo brasileiro quiser defender os direitos humanos, será uma honra para mim fazer parte disso", declarou então, acrescentando que "jamais trocaria informação em troca de asilo".

Na entrevista, Snowden elogiou o Brasil como "uma das mais interessantes e vibrantes democracias do mundo".

PUB

As revelações sobre as escutas realizadas pela Agência Nacional de Segurança (NSA) norte-americana a líderes estrangeiros, tornadas públicas através de documentos divulgados por Snowden, provocaram tensões nas relações entre os Estados Unidos e alguns dos seus principais aliados, com destaque para o Brasil e a Alemanha, e embaraçaram a administração norte-americana.

Edward Snowden enfrenta acusações de espionagem nos EUA.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG