Mundo

Uruguai autorizou aborto a menina de 12 anos que foi violada

Uruguai autorizou aborto a menina de 12 anos que foi violada

A Justiça do Uruguai autorizou uma menina de 12 anos que engravidou depois de ter sido violada a fazer um aborto, informaram fontes judiciais citadas pela agência Efe.

A menina foi violada por um homem de 75 anos, que lhe pagava o equivalente a um e dois euros para ter relações sexuais com ela e foi condenado a pena de prisão por abuso de menores.

A vítima era levada aos encontros por uma irmã de 16 anos que também se prostituía. O caso teve lugar no norte do Uruguai.

O Parlamento do Uruguai despenalizou o aborto no final do ano passado para casos que envolvam mulheres maiores de idade e até às 12 semanas de gestação.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG