Covid-19 

Vacina da Pfizer é eficaz contra a variante brasileira, aponta estudo 

Vacina da Pfizer é eficaz contra a variante brasileira, aponta estudo 

Um estudo laboratorial divulgado esta segunda-feira no "New England Journal of Medicine" conclui que a vacina contra a covid-19 desenvolvida pela Pfizer em parceria com a alemã BioNTech é eficaz para neutralizar a variante brasileira do novo coronavírus.

Investigadores da Universidade do Texas recolheram sangue de pessoas a quem já tinha sido administrada a vacina, o que permitiu constatar que a fórmula da Pfizer é capaz de neutralizar uma versão do vírus SARS-CoV-2 com as mesmas mutações da variante P.1 identificada no Brasil, que tem revelado ser altamente contagiosa.

Os cientistas apontaram que a capacidade de neutralização desta variante é equivalente ao efeito da vacina numa versão menos contagiosa do vírus.

A Pfizer, em estudos publicados anteriormente, havia concluído que a sua vacina era capaz de neutralizar as variantes mais contagiosas, nomeadamente as do Reino Unido e as da África do Sul, embora o estudo salientasse que esta última variante pode diminuir a proteção de anticorpos da vacina.

Atualmente, a farmacêutica considera que a vacina protege contra a variante sul-africana, no entanto, investiga a possibilidade de administrar uma terceira dose com o propósito de combater mais eficazmente esta mutação e, assim, analisar a resposta imunológica para futuros estudos.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG