Fotografia

Vaticano investiga "like" da conta do Papa a modelo brasileira no Instagram

Vaticano investiga "like" da conta do Papa a modelo brasileira no Instagram

A conta oficial do Papa Francisco no Instagram fez um "like" numa fotografia de uma modelo brasileira em lingerie, que foi depois retirado. O Vaticano está agora a investigar o caso.

Natalia Garibotto, de 27 anos, tem 2,4 milhões de seguidores na sua conta de Instagram, na qual exibe fotografias sensuais. Nos últimos dias recebeu um "like" inesperado da conta oficial do Papa Francisco numa fotografia sua e conseguiu brincar com isso antes do "gosto" ser retirado. Partilhou a publicação no Twitter, onde escreveu: "Pelo menos vou para o paraíso".

Também a sua agência, a Coy Co, tirou partido da situação ao republicar o "post" original, dizendo ter "recebido a bênção oficial do Papa" graças à modelo.

Um porta-voz do Vaticano disse ao jornal britânico "The Guardian" que, contudo, se pode "excluir que o 'like' veio da Santa Sé" e que a instituição está a procurar explicações no Instagram. A conta oficial do Papa Francisco, com 7,4 milhões de seguidores, é gerida por uma equipa de comunicação.

"O Papa aprova, por exemplo, os tweets, mas não os "likes", explica o correspondente em Roma do jornal católico "La Croix", Robert Mickens, ao "The Guardian". "O Papa não é como Donald Trump, ele não anda com o telemóvel ou com o computador atrás para escrever tweets ao longo do dia", diz, para acrescentar que só "em ocasiões muito raras, ele disse que gostava de escrever um tweet sobre algo que estava a acontecer ou alguma emergência". Portanto, "ele não terá nada a ver com isto", conclui.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG