Diplomacia

Venezuela felicita EUA pelo aniversário da independência

Venezuela felicita EUA pelo aniversário da independência

O governo venezuelano felicitou, este domingo, os EUA pelo aniversário da sua independência e expressou o desejo que, "mais cedo ou mais tarde caiam as barreiras", que impedem o entendimento entre os dois países.

Em comunicado, o governo reiterou "os profundos laços de amizade e solidariedade" que unem as nações desde "a luta pela fundação e emancipação" das suas repúblicas.

"O sonho de fraternidade e justiça de Martin Luther King Jr. tem sido uma fonte de inspiração e compromisso para a revolução bolivariana e almejamos que, mais cedo ou mais tarde, caiam as barreiras anacrónicas que agora impedem uma relação de respeito, cooperação e compreensão com os governantes dos Estados Unidos", afirma o governo de Caracas.

O governo 'chavista' reiterou assim que, "apesar das agressões", o país avança na "construção do seu destino", com a convicção de que um dia irá predominar a "diplomacia da paz".

O executivo de Maduro salientou também que a população venezuelana acompanha os Estados Unidos "na sua luta permanente por uma sociedade mais justa, que consiga livrar-se dos elos do racismo e da desigualdade e de uma suposta elite", acusada de causar "grandes estragos" dentro e fora do país.

Os dois países mantém relações tensas desde a chegada de Hugo Chávez ao poder, em 1999. Esta tensão agravou-se em 2019 quando durante a liderança de Donald Trump, que reconheceu o líder da oposição Juan Guaidó como presidente interino, uma decisão mantida pela atual administração de Joe Biden.

Após este apoio dos EUA ao líder da oposição, o governante Nicolás Maduro ordenou a expulsão dos diplomatas norte-americanos e o corte de relações entre os dois países.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG