Mundo

Vídeo regista momento do acidente no Corinthians Arena

Vídeo regista momento do acidente no Corinthians Arena

Um arquiteto que fazia uma vistoria técnica às obras do estádio Corinthians Arena, em São Paulo, Brasil, mais conhecido por Itaqueirão, registou em vídeo o momento em que a viga cedeu e a peça da cobertura desabou, juntamente com o guindaste, na passada quarta-feira. Veja o vídeo.

O vídeo foi registado por um arquiteto, Márcio Campos, que, no momento, fazia uma vistoria técnica juntamente com outros arquitetos. Ao sair do local para se dirigir ao carro, o técnico deu conta de que algo de anormal se passava com a viga e resolveu então filmar.

Segundo Márcio Campos, a equipa técnica que havia vistoriado as obras estava bastante satisfeita com o andamento dos trabalhos.

Entretanto, o chefe do Comité Organizador local, Ricardo Trade, revelou que o estádio de São Paulo "não será excluído" do Mundial 2014, apesar do acidente que custou a vida a dois trabalhadores e que vai atrasar a sua entrega.

"Vamos reunir-nos para avaliar as consequências deste acidente, mas o estádio não vai ser excluído do Mundial", declarou Ricardo Trade ao jornal "Estado de São Paulo".

O Corinthians Arena, conhecido como Itaqueirão, deve acolher seis jogos do Mundial, que decorre entre 12 de junho e 13 de julho, incluindo o jogo de abertura, no qual estará a seleção brasileira.

PUB

O estádio deverá estar disponível, tal como os restantes cinco onde ainda decorrem trabalhos, antes de 31 de dezembro, data fixada pela FIFA, que quer dispor dos seis meses subsequentes para realizar os testes que considera necessários.

Segundo a imprensa brasileira, que cita fontes anónimas, os trabalhos, que estavam adiantados e avaliados em 94% desde a última inspeção a 13 de novembro, podem sofrer um atraso entre um e dois meses.

"É impossível fazer qualquer previsão neste momento. De qualquer modo, não podemos pensar, se houver um arraso de três meses nos trabalhos, que o estádio não estará disponível para o Mundial", comentou ainda Ricardo Trade, em declarações ao jornal Globo.

O acidente ocorreu após a queda de uma grua que fez desabar uma parte da cobertura metálica do estádio, que pesava 420 toneladas e que ficou completamente destruída, mas, de acordo com a opinião de arquitetos, engenheiros e dos técnicos dos serviços de segurança civil, a estrutura do recinto não foi afetada.

Na sequência do acidente, dois trabalhadores morreram e outro ficou ferido.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG