Arkady Badchenko, jornalista russo de 41 anos, foi notícia, esta terça-feira, por ter sido morto, e esta quarta-feira, porque afinal a morte não tinha passado de uma encenação entre o opositor do Kremlin e os serviços de segurança ucranianos.

Revelação

Colegas festejam a "ressurreição" do amigo jornalista

Colegas festejam a "ressurreição" do amigo jornalista

Badchenko era um forte opositor do presidente Putin e estava a receber ameaças de morte. Por isso, o jornalista fugiu para Kiev, onde as ameaças prosseguiram. As autoridades ucranianas garantem que travaram "os preparativos deste crime pelos serviços especiais russos".

Outras Notícias