Uma equipa de repórteres da CNN foi detida em direto pela polícia do Minnesota durante os protestos pela morte de George Floyd que continuam pelo terceiro dia consecutivo. Mais tarde, os jornalistas foram libertados.

Violência

Equipa da CNN detida em direto durante protestos contra morte de George Floyd

Equipa da CNN detida em direto durante protestos contra morte de George Floyd

Há registo de três dezenas de incêndios e de várias lojas saqueadas, a maioria perto do local onde Floyd morreu.

Os manifestantes também invadiram uma esquadra da polícia em Minneapolis e incendiaram o local.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, chamou "bandidos" às pessoas envolvidas nos protestos e ameaçou usar a força para controlar as manifestações.