A entrada de mulheres em idade menstrual era proibida no templo de Sabarimala. Desde setembro do ano passado que a restrição já não existe. A nova medida não é consensual e continua a gerar dezenas de protestos.

Protesto

Mulheres indianas criam cordão humano de 620 km pela igualdade

Mulheres indianas criam cordão humano de 620 km pela igualdade

A condição da mulher continua a gerar controvérsia na Índia: o hinduísmo não permite que as mulheres menstruadas entrem nos templos. Porém, o templo de Sabarimala ia mais além. Independentemente de estarem ou não menstruadas em determinado momento, todas as mulheres entre os 10 e os 50 anos eram proibidas de entrar.

Neste início do ano, duas mulheres entraram pela primeira vez neste templo. E os protestos a favor e contra voltaram às ruas da Índia.