Um elemento da Polícia Marítima e um elemento da Autoridade Marítima Nacional resgataram 51 migrantes à deriva num bote, na Grécia. Embarcação não tinha motor nem pagaias.

Salvamento

Polícia Marítima portuguesa resgata 51 migrantes à deriva na Grécia

Polícia Marítima portuguesa resgata 51 migrantes à deriva na Grécia

Segundo a Autoridade Marítima Nacional, o bote terá sido abandonado pelo facilitador que transportava os migrantes rumo à ilha de Lesbos.

Chegados a terra, os migrantes foram entregues às autoridades gregas, em segurança.

Desde que iniciou a participação na missão POSEIDON, em 2014, a Polícia Marítima já salvou 5498 vidas. A autoridade portuguesa encontra-se integrada nesta operação, sob égide da agência europeia FRONTEX e em apoio à Guarda Costeira grega, com o objetivo de controlar e vigiar as fronteiras marítimas gregas e externas da União Europeia no combate ao crime transfronteiriço.