O Muro das Lamentações, em Israel, foi desinfetado para prevenir o contágio por Covid-19. O novo coronavírus obrigou a afastar os fiéis do local sagrado de oração e peregrinação dos judeus.

Israel

Muro das Lamentações não escapa a desinfeção contra novo coronavírus

Muro das Lamentações não escapa a desinfeção contra novo coronavírus

Israel, que conta cerca de 2600 infetados, proibiu todas as deslocações não essenciais para travar o avanço da pandemia.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG