O Jogo ao Vivo

O Governo espanhol mobilizou o exército e várias unidades de segurança para Ceuta para proteger a fronteira com Marrocos e controlar as ruas da cidade devido à chegada de milhares de migrantes.

Fronteira

Tanques do exército espanhol nas ruas de Ceuta para travar milhares de migrantes

Tanques do exército espanhol nas ruas de Ceuta para travar milhares de migrantes

Desde segunda-feira, cerca de 6.000 migrantes (incluindo 1.500 menores), um número "recorde" segundo as autoridades espanholas, entraram ilegalmente em Ceuta, a nado, com recurso a embarcações insufláveis ou através de tentativas para trepar as altas cercas fronteiriças que separam este enclave espanhol do território marroquino.

Nas últimas horas, o Governo espanhol anunciou a deportação, até ao momento, de cerca de 2.700 migrantes (adultos) para Marrocos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG