Descoberta

Vikings chegaram à América em 1021, 471 anos antes de Colombo

Vikings chegaram à América em 1021, 471 anos antes de Colombo

A mais recente descoberta científica coloca os vikings em território americano em 1021 d.C., há exatamente mil anos. A precisão desta ocupação foi conseguida através da análise de achados arqueológicos de um povoado Viking em L'Anse aux Meadows, no Canadá.

Os investigadores, chefiados pelo geocientista Michael Dee, da Universidade de Groningen, no Países Baixos, conseguiram datar a povoação dos vikings graças a uma tempestade solar que atingiu o planeta em 992 d.C. Por serem surtos de raios cósmicos com altos índices de energia, as tempestades solares deixam marcas muito características nos anéis das árvores e foi através da análise de três pedaços de madeira diferentes que os cientistas conseguiram determinar que existiam 29 anéis depois do anel criado pela tempestade solar.

Desta forma foi possível datar o ano em que aqueles cortes de madeira foram feitos e precisar também a ocupação dos vikings no continente americano.

Já era certo e sabido que os vikings tinham sido os primeiros europeus a cruzar o Atlântico e a povoar o continente norte-americano, mas o que não se sabia ainda era a data exata desta ocupação. Assim sendo, fica provado que chegaram à América 471 anos antes do explorador e navegador Cristovão Colombo, a quem é atribuído o mérito de liderar a frota que alcançou o continente americano a 12 de outubro de 1492.

Os autores do estudo, publicado na revista "Nature", garantem que a descoberta representa um ponto definitivo para futuras investigações sobre as consequências iniciais da atividade transatlântica.

L'Anse aux Meadows, património mundial da Unesco no extremo norte da ilha da Terra Nova, é o primeiro e único local conhecido onde os Vikings se estabeleceram na América do Norte e a mais antiga evidência de colonização europeia no Novo Mundo.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG