Holanda

Violavam em grupo menores que conheciam nas redes sociais

Violavam em grupo menores que conheciam nas redes sociais

A polícia holandesa anunciou, esta terça-feira, a detenção de oito homens, no sul da Holanda, suspeitos de terem cometido violações em grupo de pelo menos três adolescentes de 15 e 16 anos.

"No âmbito de uma investigação em curso sobre violações em grupo, foram realizadas detenções na manhã de hoje em vários locais da região Hertogenbosch" (sul da Holanda), indicou a polícia em comunicado.

"As raparigas provavelmente foram drogadas antes de serem abusadas, indefesas, por vários homens do grupo", explicou a mesma fonte. Investigadores afirmaram ter informações de que mais adolescentes foram vítimas do grupo, no entanto ainda não fizeram a denúncia, nomeadamente por medo de represálias. As oito detenções podem ajudá-las a falar, salientou a polícia.

Os oito homens detidos, com idades de 18 a 26 anos, são provenientes do município de Hertogenbosch e da localidade vizinha de Rosmalen.

A investigação começou no início do ano, quando as três vítimas conhecidas deste grupo apresentaram separadamente queixa às autoridades. As três adolescentes indicaram ter sido violadas por vários homens em momentos diferentes, depois de entrar em contacto com o grupo através das redes sociais.

Especialistas forenses realizaram "análises de vestígios" em abril, num local onde as violações ocorreram, referiu a polícia, que apreendeu, durante a investigação, fotografias das adolescentes nuas.