Ucrânia

Zelensky retira mais de 220 passaportes diplomáticos por uso abusivo

Zelensky retira mais de 220 passaportes diplomáticos por uso abusivo

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, retirou mais de 220 passaportes diplomáticos, incluindo os de vários parlamentares, por os seus titulares terem saído do país depois da invasão pelas tropas da Federação Russa.

Segundo a agência noticiosa ucraniana UNIAN, esta medida foi tomada depois de alguns dos titulares destes passaportes se terem escudado em viagens oficiais para saírem do país, às vezes para simples atividades de lazer e recreio.

Um dos casos mais falados foi o de Nikolai Tischenko, membro do partido Servo do Povo, que se deslocou à República Checa para uma festa. A notícia circulou rapidamente e o parlamentar recebeu duras críticas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG