Ucrânia

Zelensky saúda resolução da ONU e insta Rússia a pôr fim à ofensiva

Zelensky saúda resolução da ONU e insta Rússia a pôr fim à ofensiva

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, saudou esta quarta-feira a aprovação pela Assembleia-Geral da ONU, por esmagadora maioria, de uma resolução condenando a invasão russa da Ucrânia e instando a Rússia a pôr fim imediato à ofensiva.

"Saúdo a aprovação pela Assembleia Geral das Nações Unidas, por uma maioria de votos sem precedentes, da resolução instando fortemente a Rússia a pôr fim imediato ao traiçoeiro ataque à Ucrânia", escreveu Zelensky no Twitter.

"Estou grato a todas as pessoas e todos os Estados que votaram a favor. Escolheram o lado certo da história", acrescentou.

O chefe de Estado ucraniano referia-se à resolução hoje aprovada por 141 dos 193 Estados-membros da organização que "condena a agressão russa à Ucrânia" e "exige que Moscovo ponha fim à ofensiva e retire imediata e incondicionalmente as suas tropas" e também "condena a decisão da Rússia de aumentar o alerta das suas forças nucleares".

Intitulada "Agressão contra a Ucrânia", a resolução apela ainda ao acesso sem entraves à ajuda humanitária e "lamenta o envolvimento da Bielorrússia" no ataque à Ucrânia.

"Os resultados devastadores para o agressor da votação na ONU mostram de forma convincente que uma aliança global foi formada e está a funcionar. O mundo está connosco. A verdade está do nosso lado. A vitória será nossa!", escreveu ainda Volodymyr Zelensky no Twitter.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG