Ajuda

"1€ abem": programa solidário já ajudou a comprar um milhão de medicamentos

"1€ abem": programa solidário já ajudou a comprar um milhão de medicamentos

Arrancou esta segunda-feira a campanha "1€ abem:", da associação Dignidade, que ajuda pessoas mais carenciadas a comprar medicamentos. A iniciativa decorre até ao próximo dia 25 de maio em 578 farmácias aderentes, sendo apoiada pelo Portugal Inovação Social, através dos Fundos da União Europeia. Desde 2016, já foram dispensadas ao abrigo do programa 1,6 milhões de embalagens de medicamentos.

O lançamento oficial desta campanha decorreu esta segunda-feira na Farmácia Aguiar, em Lisboa. De acordo com o comunicado de imprensa, a iniciativa desafia os portugueses a doarem um euro a favor do fundo solidário abem, cujos donativos recolhidos serão integralmente utilizados na aquisição de medicamentos prescritos a pessoas carenciadas abrangidas pelo programa abem: Rede Solidária do Medicamento.

"A saúde é, sem dúvida, o bem mais precioso que temos, e o acesso ao medicamento é fundamental para garantir o controlo da doença. Infelizmente existem muitas famílias cujos rendimentos não lhes permitem adquirir os medicamentos prescritos. Não podemos ficar indiferentes a estas situações. O fundo solidário abem: ajuda a colmatar estas necessidades. Continuamente procuramos, num esforço comum, aumentar o número de beneficiários que ajudamos", esclarece Maria de Belém Roseira, associada fundadora do programa abem, da Associação Dignitude.

O Programa abem: Rede Solidária do Medicamento é um projeto inovador, lançado pela Associação Dignitude. Tem como objetivo permitir o acesso, de forma digna, aos medicamentos prescritos a quem não tem capacidade financeira para os adquirir, cobrindo, no receituário, o valor não comparticipado pelo Estado. "Durante os próximos dias apelamos à solidariedade e espírito de entreajuda dos portugueses para que mais pessoas em situação de grave carência económica possam usufruir deste apoio. Cada euro angariado contribui diretamente para que alguém possa comprar os medicamentos de que necessita", conclui Maria de Belém Roseira.

Desde o seu início em maio de 2016, o programa "abem: Rede Solidária do Medicamento" já apoiou 28 067 beneficiários de 15 835 famílias, dos quais 13% são crianças. Já foram dispensadas, ao abrigo do abem: 1.654.465 embalagens de medicamentos desde o seu início, em maio de 2016.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG