Exclusivo

72 crianças refugiadas já planeiam vida em Portugal

72 crianças refugiadas já planeiam vida em Portugal

Menores não acompanhados estão a ser acolhidos em casas de Lisboa, Porto, Braga, Covilhã e Nazaré. Muitos vêm do campo de Lesbos, na Grécia.

Deixaram para trás os seus países de origem. Em muitos casos, foram vítimas de guerras e de perseguições. Passaram por duros campos de refugiados, foram afastados das famílias e esperam, agora, encontrar em Portugal a paz de um futuro mais próspero. São 72 as crianças e jovens refugiados, não acompanhados, que já foram acolhidos no nosso país. O anúncio foi feito, ontem, por Mariana Vieira da Silva, ministra de Estado e da Presidência. Só este mês, vieram 25. Em breve, chegarão mais seis.

António Costa comprometeu-se em março com a Comissão Europeia a receber em Portugal até 500 crianças e jovens refugiados. Em maio, chegaram os primeiros 25. E desde aí tem prosseguido. Nestes 72 menores - 70 do sexo masculino e dois do feminino - estão presentes 14 nacionalidades e 18 idiomas. "28% não tem escolaridade ou tem apenas o quarto ano. Por isso, o esforço de integração tem envolvido todo o Governo e tem que envolver toda a sociedade portuguesa", apelou Mariana Vieira da Silva, numa audição requerida pelo Bloco de Esquerda.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG