Covid-19

80% das pessoas elegíveis para a terceira dose estão vacinadas

80% das pessoas elegíveis para a terceira dose estão vacinadas

O coordenador do plano de vacinação disse, esta quinta-feira, que "80% das pessoas elegíveis" para a terceira dose da vacina contra a covid-19 estão vacinadas e apelou às faixas mais jovens para que se juntem ao processo.

"Vacinámos 80% das pessoas elegíveis. A grande maioria das pessoas que tem condições para ser vacinada, está vacinada", disse o coronel Carlos Penha Gonçalves, em Vila Nova de Gaia, no distrito do Porto, numa visita ao centro de vacinação instalado no Quartel dos Bombeiros Voluntários de Coimbrões.

O responsável especificou que "mais de 5,7 milhões de pessoas [foi vacinada] com a terceira dose", adiantando que "a esmagadora maioria das pessoas que tem mais de 18 anos e podia tomar, já tomou", admitindo, no entanto, que "ainda há pessoas que não o fizeram".

PUB

"Mas ainda há uma fração de pessoas que não veio ao processo e as instalações ainda vão estar cá. O apelo que faço é que as pessoas aproveitem estas estruturas para fazerem a vacinação e terminem o seu processo de reforço da vacina. O meu apelo é que o façam o mais rápido possível", sublinhou.

Carlos Penha Gonçalves apontou que em Portugal a percentagem de pessoas com mais de 60 anos vacinadas é de 90%, enquanto na faixa dos 50 aos 59 anos é de 80%. "Nas faixas mais novas temos menos cobertura", realçou, em apelo aos mais jovens.

Vacinação das crianças aquém das expectativas

Penha Gonçalves admitiu que a inoculação contra a covid-19 destinada a crianças está aquém das expectativas e pediu aos pais que não iniciaram o processo que façam "ainda hoje" o auto-agendamento para sábado.

Numa visita ao centro de vacinação instalado no Quartel dos Bombeiros Voluntários de Coimbrões, em Vila Nova de Gaia, o coronel Carlos Penha-Gonçalves foi confrontado com dados sobre a vacinação das crianças, tendo começado por dizer que Portugal é dos países da Europa com maior taxa de adesão na faixa etária entre os cinco e os 11 anos. Mas em resposta à pergunta se Portugal está ou não ainda está aquém das expectativas nesta matéria, o coordenador do plano de vacinação respondeu: "exatamente".

"Este sábado vamos dar duas horas de manhã para vacinar crianças que por motivos de isolamento não puderam fazer a primeira ou a segunda dose. Apelo para que os pais que ainda não iniciaram o processo que durante o dia de hoje façam o auto-agendamento. É uma oportunidade, haverá outras, mas esta é a primeira", disse.

Carlos Penha-Gonçalves especificou que nos dias 5 a 9 de janeiro foram vacinadas cerca de 200 mil crianças com a primeira dose da vacina contra a covid-19, estando prevista a segunda toma nos dias 26 e 27 de fevereiro.

"E depois vamos ter novas oportunidades para as crianças se vacinarem. O processo não vai terminar, o que vamos fazer é uma cadencia mais baixa porque há menos pessoas para vacinar", concluiu.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG