acidente rodoviário

A23 reabre ao trânsito seis horas depois de acidente que causou um morto

A23 reabre ao trânsito seis horas depois de acidente que causou um morto

Mais de seis horas depois de ter sido cortada ao trânsito, devido a um acidente que envolveu dois veículos e causou um morto e dois feridos ligeiros, a A23 reabriu ao tráfego no sentido Abrantes/Torres Novas.

O acidente ocorreu cerca das 05:35, ao quilómetro 35,9, no sentido Este/Oeste, entre as saídas Abrantes Norte e o nó de Montalvo, em Constância, tendo a auto-estrada sido reaberta às 11:40.

"Houve um veículo ligeiro que entrou em despiste, ao ultrapassar um camião, e que acabou por ser abalroado pelo veículo pesado. Este acidente provocou um morto, do sexo feminino, e dois feridos ligeiros", disse à agência Lusa fonte dos bombeiros de Abrantes.

Segundo acrescentou a mesma fonte, "a demora na reabertura" ao trânsito da A23 no local, ficou a dever-se a que, "no momento de embate, um dos passageiros do veículo ligeiro foi cuspido para a via, tendo morte imediata".

"A remoção do cadáver, que ficou prostrado na via, foi morosa devido aos trabalhos da equipa de investigação de acidentes da GNR", disse adiantando que "só depois" puderam ser feitos trabalhos de limpeza e de remoção do veículo.

"A hora de chamada de ocorrência para os bombeiros de Abrantes ocorreu às 5:35, e a hora de saída de viaturas e homens dois minutos depois", às 5:37, precisou, por seu lado, o comandante dos bombeiros de Abrantes, António Jesus.

António Jesus adiantou que no local estiveram 16 bombeiros com quatro viaturas de socorro, duas viaturas de desencarceramento, uma de transporte de pessoal e um autotanque

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG