Exclusivo

"Adiámos o casamento por um ano para evitar constrangimentos"

"Adiámos o casamento por um ano para evitar constrangimentos"

Liliana e Flávio convidaram 300 pessoas e vão casar em julho de 2022, para evitar máscaras e álcool-gel.

"O casamento religioso é muito importante para nós, mas também queremos fazer uma grande festa com a família e com os amigos", disse ao JN o noivo Flávio Ribeiro, enfermeiro no Hospital de Braga. O matrimónio com a noiva, Liliana Pinto, enfermeira no Hospital de Guimarães, esteve marcado para o dia 31 de julho deste ano. "Adiamos para o dia 15 de julho de 2022, porque convidámos 300 pessoas e queremos que todos participem na festa sem estar preocupados com máscaras e álcool-gel", explicou Liliana.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG