O Jogo ao Vivo

CAP

Agricultores querem produzir energias renováveis com fundos europeus

Agricultores querem produzir energias renováveis com fundos europeus

A Confederação dos Agricultores de Portugal defende a criação de um programa que permita aos agricultores produzir energias renováveis, dando resposta ao desafio das alterações climáticas.

"Na linha de ambição europeia de promover a utilização de energias renováveis e corresponder aos desafios das alterações climáticas, a CAP preconiza a implementação de um programa que permita aos agricultores portugueses produzirem energia renovável, valorizando os recursos e tendo em conta as especificidades próprias do setor, através de um balanço do consumo anual ou intra-anual de três anos, de forma a abranger as especificidade e a sazonalidade dos consumos", lê-se no documento "Ambição Agro 2020-30".

Em causa está um conjunto de propostas, hoje apresentadas em Lisboa, que pretendem enquadrar a visão do setor agrícola na recuperação económica do país.

Segundo a CAP, isto pode passar pela criação de uma conta corrente, que permita a produção de energia durante o dia e "o correspondente consumo" durante a noite, "promovendo a descarbonização". Para o setor, uma parte dessa produção deverá poder ser considerada como autoconsumo renovável.

No entanto, a confederação ressalvou que importa garantir o aproveitamento eficiente e integral dos recursos energéticos endógenos associados à agricultura, à floresta e à pecuária.

"Estes objetivos poderão ser atingidos através da mobilização dos fundos europeus e nacionais destinados à ação climática e à transição energética, assente na incorporação de renováveis e aumento da eficiência energética, incluindo, se for caso disso, o novo mecanismo de recuperação e resiliência", considera a CAP.

Outras Notícias