O Jogo ao Vivo

Temperatura

Água mais fria que o habitual surpreende no Algarve

Água mais fria que o habitual surpreende no Algarve

Calor intenso, praias cheias, mas mais gente à beira da água do que no mar. Foi este o cenário, este domingo, nas praias algarvias, no primeiro domingo do mês de julho.

Com a bandeira verde, este cenário só podia indicar o óbvio: a baixa temperatura da água, pelo menos diferente do que aquilo a que os banhistas estão habituados nesta altura do ano. Uma informação que o JN confirmou com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), que indicou que as temperaturas estavam à volta dos 20 graus.

"Mãe, a água está gelada", dizia um jovem, ontem de manhã, na Praia do Vau, em Portimão, ao chegar à toalha, visivelmente contrariado. "Quando ele diz que está fria é porque está mesmo fria", diz Ana, a mãe, que viajou de zona de Aveiro para o Sul para duas semanas de férias, como faz todos os anos nesta altura. "Nas nossas praias, a água está sempre muito fria, por isso, quando chegamos ao Algarve, ele costuma passar o dia todo dentro de água", explica.

Quem escolheu o início de julho para férias no Algarve não terá muita sorte com a temperatura da água, pelo menos nesta primeira semana. Paula Leitão, meteorologista do IPMA, explicitou ao JN que "a temperatura da água do mar não é um parâmetro muito estudado", mas, ainda assim, está previsto um aumento nos próximos dias.

A boa notícia é que já a partir de hoje são esperados ventos e correntes de levante, o que costuma ser sinal de mar revolto durante dois ou três dias, mas de subida das temperaturas da água do mar. Paula Leitão sublinha porém que, em termos científicos, não se pode fazer "uma previsão rigorosa", porque a temperatura da água do mar não tem sido alvo de grandes estudos e modelos de previsão.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG