O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Ainda há horários vazios, mas a maioria dos professores já está nas escolas

Ainda há horários vazios, mas a maioria dos professores já está nas escolas

Diretores receiam dificuldades nas substituições sobretudo nas regiões de Lisboa e Algarve. Falta colocar docentes de História, Física e Biologia.

Após a contratação inicial em agosto e a primeira reserva de recrutamento de 1 de setembro, já só restavam nas listas dos docentes por colocar 62 professores de Informática, 277 de Geografia, 509 de História, 595 de Física e Química e 657 de Biologia e Geologia apontou, ao JN, Vítor Godinho, dirigente da Federação Nacional de Professores. Uma das maiores preocupações dos diretores é a dificuldade nas substituições de docentes durante o ano letivo, especialmente nas regiões de Lisboa e Algarve.

As escolas, garantem Manuel Pereira e David Sousa, já têm a quase totalidade dos docentes nas escolas, graças às colocações feitas mais cedo pelo Ministério de Educação. De acordo com Vítor Godinho, em contratação de escola apenas estavam 315 horários por preencher, todos inferiores a oito horas letivas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG