Exclusivo

Alojamento estudantil com 86 milhões de euros em 2022

Alojamento estudantil com 86 milhões de euros em 2022

Orçamento de Estado prevê 1500 camas adicionais este ano letivo. Agência Erasmus+ vai gerir plano de construção de residências.

O Ministério da Ciência e Ensino Superior quer reforçar o financiamento do Plano Nacional para o Alojamento no Ensino Superior (PNAES), garantindo um investimento de 86 milhões de euros no próximo ano. Esta é uma das cinco prioridades definidas por Manuel Heitor na proposta do Orçamento do Estado. Anunciando ainda, para o ano letivo em curso, 1500 camas adicionais, ficando agora a gestão e monitorização do PNAES a cargo da Agência Erasmus+.

Explique-se que o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) é o novo balão de oxigénio do plano de construção e requalificação de residências para os estudantes do Superior. No total, estão destinados 375 milhões, aguardando as instituições pela abertura dos avisos para perceber em que moldes será feito o financiamento. Recusando endividar-se, fazem depender de subvenções novas construções. Processo que, sabe o JN, está ainda em negociações entre os ministérios das Finanças e Ensino Superior, podendo passar por um recurso ao Banco Europeu de Investimento.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG