Covid-19

Leitores do JN dão computadores para crianças estudarem

Leitores do JN dão computadores para crianças estudarem

Empresários de Oeiras e Chaves sensibilizados com as histórias de alunos sem recursos de Lisboa e Águeda.

Os leitores do JN mostraram esta terça-feira, mais uma vez, que a solidariedade pode ter muitos caminhos. As duas histórias das crianças sem computador para assistirem às aulas à distância, que contamos na terça-feira, tiveram um final feliz. Dois leitores disponibilizaram-se para oferecer os equipamentos à Ana Margarida, de 14 anos, de Lisboa, e aos irmãos Seabra Cruz, de 13 e 7, de Águeda.

Ana, que mora em Carnide, recebeu ainda ontem o computador. Uma oferta de Gonçalo Poças. O empresário, de 40 anos, residente em Oeiras, foi à empresa buscar a prenda da aluna do 6.o ano, a quem a mãe e o avô, doentes, não podem dar mais porque já basta a "fome" que passam. "Assim que vi a notícia no JN pensei que não fazia sentido uma adolescente, além de todas as dificuldades que já tem, ficar impossibilitada de acompanhar as aulas por não ter um computador. Ofereci-lhe um praticamente novo com todo o prazer", diz. Quando o recebeu, ao final da tarde, na Junta de Carnide, Ana, emocionada, quis agradecer-lhe com um abraço, mas controlaram-se a tempo devido à pandemia.

MAIS internet

A 450 quilómetros dali, em Chaves, José Ventura comoveu-se ao ler no JN o texto dos dois irmãos de Águeda, que não podem acompanhar as aulas à distância, por não terem computador e Internet. O empresário, de 48 anos, contou às filhas, Mika, de nove anos, e Caetana, de sete, e as crianças decidiram partilhar entre elas um dos dois portáteis que têm e dar o outro à família carenciada. "Queremos ensinar-lhes a importância de ajudar os outros", explica o pai.

A família irá ainda suportar uma anuidade de Internet, para que o Gonçalo, de 13 anos, e o irmão Rafael, de sete, possam receber informações dos professores. Amanhã, José irá levar o computador a Águeda e surpreender os irmãos. Com ele levará, ainda, livros e outras ofertas que as filhas estão a preparar.