Contestação

Alunos de Medicina levam cartas assinadas ao Ministério da Saúde

Alunos de Medicina levam cartas assinadas ao Ministério da Saúde

O secretário de Estado da Saúde, António Sales, recebeu esta terça feira os representantes da Associação Nacional de Estudantes de Medicina (ANEM). Os alunos levaram-lhe cartas assinadas por quase três mil alunos a pedir a criação de um observatório de planeamento de recursos humanos em saúde.

No final do encontro, o governante elogiou a iniciativa dos alunos, por revelar "preocupação não só com o seu futuro, como o das gerações vindouras".

Em declarações aos jornalistas, António Sales frisou que "o planeamento de recursos humanos é um grande desafio", que tem de ser levado "muito a sério".

Vasco Mendes, presidente da ANEM, sublinhou a necessidade de serem apresentadas "propostas mais aliciantes" para que se consiga fixar os profissionais no Serviço Nacional de Saúde (SNS) e que só desta forma será possível garantir "médicos especialistas, suficientes, nas regiões e localidades certas".

As mais de 2700 cartas foram recolhidas segunda-feira junto dos médicos que fizeram a prova de acesso à especialidade, em Lisboa, Porto e Coimbra. Foram assinadas pelos cerca de 2500 alunos inscritos para a prova e por outros médicos que apoiam a iniciativa.

Além do Ministério da Saúde, a missiva também se destina ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

É "quase um projeto de lei que os dois ministérios podem abraçar com a constituição do observatório", revelou Vasco Mendes em declarações anteriores à agência Lusa.

Segundo Vasco Mendes, todos os anos, desde 2015, há estudantes que ficam de fora do acesso à especialidade: "Estamos a criar cada vez mais médicos não-especialistas que acabam por exercer como médicos tarefeiros no SNS".

Para o presidente da ANEM, esta situação "não traz qualidade ao serviço, não traz qualidade de formação e não é bom do ponto de vista financeiro". Por isso, os alunos defendem a criação do observatório para colmatar a falta de planeamento de recursos humanos.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG